Eletrólise

A eletrólise é um processo que separa os elementos químicos de um composto através do uso da eletricidade. Procede-se primeiro à decomposição do composto em íons e, posteriormente, com a passagem de uma corrente contínua através destes íons, são obtidos os elementos químicos. Em muitos casos, além de formar elementos ocorre também a formação de novos compostos. O processo da eletrólise é uma reação de oxirredução.

As primeiras experiências envolvendo eletrólise foram iniciadas pelo químico inglês Humphry Davy, que em 1778 obteve o elemento químico potássio passando uma corrente elétrica atraves do carbonato de potássio (potassa) fundido. Em 1808, através de sugestões dadas por Jöns Jacob Berzelius, Davy efetuou melhorias no processo, e conseguiu isolar outros elementos a partir dos seus óxidos como o magnésio e o bário.

Algumas aplicações da eletrólise:

– Obtenção de elementos químicos como metais, hidrogênio e cloro.
– Obtenção de substâncias como soda caústica (NaOH) e água oxigenada (H2O2).
– Purificação eletrolítica de metais como cobre e outros.
– Galvanização: Eletrodeposição de metais tais como cromagem, niquelagem, cobreagem e outros.

Eletrólise da água

A eletrólise da água ocorre quando passamos uma corrente elétrica contínua por ela, desde que a tornemos condutora, pois a água pura não conduz corrente elétrica. A decomposição da água ocorre quando efetuamos a quebra das ligações entre átomos de hidrogênio e oxigênio.

Quando a molécula é decomposta na eletrólise, os átomos livres procuram reagir novamente para formar novas moléculas. Assim, se quebrarmos as ligações químicas de duas moléculas de água, poderemos formar duas novas moléculas de hidrogênio e uma de oxigênio, gases que reagem entre si, para formar a água.

fig200

Anúncios

Responses

  1. […] Fonte: https://hidrogenius.wordpress.com/eletrolise/ […]


%d blogueiros gostam disto: